dissertação de mestrado - caio calafate

entre arquitetura e infraestrutura: desenho do solo como dispositivo de projeto na plataforma rodoviária de brasília

o que significa estar entre arquitetura e infraestrutura? esta dissertação busca interrogar os limites e localizar algumas fronteiras entre essas categorias, a partir da análise de projetos que parecem não pertencer exclusivamente ao universo de uma ou de outra. o trabalho irá apontar as bases em que, tradicionalmente, arquitetura e infraestrutura se definem, a fim de, estabelecidas suas bordas, observar deslocamentos. o ambiente crítico dos anos 1960 é o cenário no qual os limites da arquitetura parece tornarem-se difusos, evidenciado pelo surgimento de práticas que ampliam seu campo, incorporando a infraestrutura em sua esfera de trabalho. o recorte dos projetos aqui debatidos leva em conta a ideia de reivindicarem a transversalidade desses campos, especificamente buscando redefinir o "solo" enquanto arquitetura. o fato de que tenham sido desenvolvidos por arquitetos brasileiros, no contexto da segunda metade do século xx, é um indício tanto da ressonância desta revisão crítica da disciplina no cenário nacional, quanto do papel efetivo da arquitetura brasileira nesta inflexão. o projeto da plataforma rodoviária de brasília (1957-60), concebido por lucio costa, será examinado a fundo, por sintetizar o enlaçamento entre arquitetura e infraestrutura, responsabilizando-se pelas operações de desenho do terreno onde esse projeto veio a se implantar, e pela fusão dos elementos construtivos que ali se sobrepuseram.

autor caio calafate
orientador otávio leonídio
instituição programa de pós-graduação em arquitetura e urbanismo da puc-rio
data da defesa agosto de 2015

link para a dissertação:
http://www.dbd.puc-rio.br/pergamum/tesesabertas/1321743_2015_completo.pdf