dissertação de mestrado - pedro varella

estrutura aberta: o caso da escola de arquitetura de nantes, projeto de lacaton e vassal.

como projetar estruturas que se mantenham abertas a novas formas de apropriação ao longo do tempo? ou ainda, quais são as qualidades inerentes aos espaços que apresentam essa capacidade? se, por um lado, essas questões indicam uma contradição entre a forma arquitetônica – tradicionalmente perene e determinada - e a conjuntura da qual fazem parte – instável e imprevisível -, por outro, possibilitam interrogar sobre as possíveis formas de agir frente a essas condições. a partir do estudo do edifício da escola de arquitetura de nantes, projeto dos arquitetos anne lacaton e jean philippe vassal, essa dissertação levanta questões que envolvem a ampla noção de estrutura aberta. a interpretação da obra desses arquitetos se estrutura a partir de sua relação com aspectos que atravessam o campo disciplinar com proeminência a partir do final dos anos 50, ilustrados aqui por meio de uma coleção de projetos elaborados por alguns dos principais arquitetos da história recente da disciplina. a comparação entre os diversos objetos estudados aponta para uma série de qualidades que nos permitem explorar as possibilidades e limites da aplicação da noção de estrutura aberta, sempre buscando estabelecer um paralelo entre as ações de projeto e as propriedades físico-espaciais dos artefatos construídos.

autor pedro varella
orientador guilherme lassance
instituição programa de pós-graduação em teoria de projeto proarq-ufrj
data da defesa março de 2016